quarta-feira, 26 de janeiro de 2022
Compartilhe:

Reunião Sobre a Onda ROXA no Município

Nesta quarta-feira (17), foi realizado o encontro da Secretaria Municipal de Saúde, Vigilância Sanitária, Prefeitura, Câmara Municipal, Polícia Militar e Comerciantes Donos de Bares, Restaurantes e Lanchonetes para discussão das novas recomendações da Onda Roxa no município.

O Secretário Municipal de Saúde iniciou a reunião agradecendo á presença de todos e abordou sobre o cenário epidemiológico local e da região. Enfatizou sobre a falta de leitos hospitalares, sobrecarga dos hospitais, falta de oxigênio e sobre a falta de recursos financeiros e humanos para realização das ações de prevenção á COVID-19.

A Advogada do Município, Dra Lázara, apresentou detalhes da Onda Roxa no Plano Minas Consciente, decretado pelo Governador Romeu Zema, a partir de hoje quarta (17). A nova onda traz medidas mais restritivas e enérgicas no Combate ao Novo Coronavírus mediante o período mais critíco no Estado de Minas Gerais. Dentre as medidas destacou-se: toque de recolher das 20h às 5h e aos finais de semana, proibição de circulação de pessoas sem o uso de máscara em qualquer espaço público, proibição de circulação de pessoas com sintomas gripais, exceto para a realização ou acompanhamento de consultas, dentre outras. Expôs ainda que ocorrerá aplicação de multas, cassação de alvará, interdição e fechamento do estabelecimento caso haja descumprimento das novas recomendações.

O Presidente da Câmara pediu a palavra e lembrou que hoje mesmo perdemos um membro da sociedade e por sinal muito querida por todos, a professora Edenilde Rocha, vítima da covid-19. Solicitou a colaboração de todos para impedir a disseminação do vírus, evitar aglomerações, pois a situação está caótica, "Nos temos de ter consciência do que estamos fazendo, hoje eu enterrei uma amiga, uma irmã, uma pessoa da minha convivência do dia a dia, infelizmente ela se foi".
A Coordenadora da Vigilância Sanitária, Crislane Ribeiro, tirou dúvidas dos participantes de como funciona a fiscalização da Vigilância Sanitária, as recomendações para os comerciantes fazerem o atendimento ao público, bem como informou que Vigilância Sanitária irá realizar uma ação eduticativa nos Estabelecimentos de Saúde e de interesse á saúde abordando as novas recomendações da onda roxa e esclarecimento de dúvidas. Reforçou sobre o aumento do número de casos, altas taxas de ocupação dos hospitais, falta de oxigênio e sobre a importância da União de todos os setores para vencermos essa luta contra esse vírus invisível.

Foi aberto o debate aos participantes para esclarecimento de dúvidas.
A Polícia Militar, através do Sargento Cláudio, manifestou total apoio ás ações de prevenção no município, solicitou parceria da Prefeitura para que nas ocorrências de denúncias, haja disponibilidade da presença de fiscais COVID e ou da Vigilância Sanitária. Na oportunidade esclareceu como é estruturada a ação da Polícia Militar em tempos de Pandemia.

Esta foi uma das várias ações que serão realizadas para intensificar a luta contra a disseminação da COVID-19 no município de Santa Helena de Minas. Informou Prefeitura Municipal.